Quem sou eu

Minha foto
Publicarei noticias esportivas de guarapuava e região , e algumas fotos da história do futebol em guarapuava .

quinta-feira, 25 de março de 2010

A OBSTINADA PATINHA

Seleção Brasileira Sub-20 campeão Sul americano em 2010


Patinha comemorando o gol de Alana


Mundial Sub-17 na Nova Zelândia jogo Brasil x Coreia


PATINHA

HÁ poucos anos atrás uma loirinha franzina, cabelos lisos corria feliz atrás de uma bola, mostrava suas virtudes atuando nos campinhos perto de sua casa e nos times de colégio, sempre chamando atenção por sua vontade e técnica. Esta pequena historinha ilustra a obstinação de Rafaela Dalmaz a “Patinha” de se tornar uma jogadora de futebol. Desde pequena disputando campeonatos e conquistando títulos em nossa cidade, mais não era o suficiente ela sonhava mais alto. Mesmo jovem e inexperiente fez algumas avaliações e peneiradas, nunca desistia até que seu esforço foi recompensado com a primeira convocação para a seleção brasileira Sub-17 em 2007, foi seu primeiro premio pela sua perseverança e efetivou-se na seleção pra disputa do mundial Sub -17 na Nova Zelândia. Voltou feliz mais assustada porque descobriu que para ser uma atleta de alto nível você é privado de muitas coisas. Pouco a pouco foi se adaptando a nova rotina e percebendo o mundo de uma nova forma, sabia que teria que se esforçar cada vez mais, aperfeiçoando-se, pois o futebol feminino se tornou muito competitivo e são poucas as vagas para as melhores. Dai em diante com o apoio da família se tornou uma verdadeira cigana jogando em campeonatos no Paraná e São Paulo, mas tudo isso significava, ganhar mais experiência, pois recebia conhecimentos práticos e não apenas teóricos e sem medo de ser feliz aceitou esse desafio e cresceu como atleta. Mais uma vez sua batalha foi reconhecida com mais um premio agora a convocação para a seleção brasileira Sub-20 pra disputa do sul americano. Sentiu pela primeira vez o gosto magnífico e orgulho de ser campeã vestindo a camisa amarelinha da seleção. O Brasil foi tetra campeão sul americano na Colômbia em 2010 garantindo assim a vaga pra disputa do mundial da categoria em julho deste ano na Alemanha e Patinha reconhece que precisa trabalhar muito para se manter dentro do grupo das convocadas e afirma? __ Nada é definitivo em futebol, ninguém é insubstituível as coisas estão sempre em evolução. Caso eu seja convocada novamente, lutarei nos treinos para ganhar meu lugar. Afinal, jamais ganhei nada de graça. O que precisar conseguir será do estilo de sempre: luta; disposição, confiança e dedicação. Que venham os desafios, pois o Senhor é meu pastor e nada me faltará. Confiança em si Patinha sabe que precisa manter seu trabalho em alto nível, para ser convocada, mesmo recebendo elogios sempre está atentada a aprender, mesmo privada do rol familiar, pois jogará na cidade de Araraquara no estado de São Paulo, mas Rafaela mantém contatos quase diários com seus pais e irmãos e não esquece dos amigos que sempre a incentivaram e a todos aqueles que torcem pelo seu sucesso.

Campeã Sub-15 Coritiba Cancun

Campeã Estadual Vila Fanny de Curitiba

Um comentário:

Keka disse...

Essa é a Fera das Feras...

Com a garra que tem, Vai Voar Muito Longe ainda...

Toda Sorte do Mundo Rafa

Deus Abençoe e Guie Seus Passos..^^