Quem sou eu

Minha foto
Publicarei noticias esportivas de guarapuava e região , e algumas fotos da história do futebol em guarapuava .

quinta-feira, 4 de março de 2010

LUIS CARLOS MERNICK, O INTERMINÁVEL....



Frequentemente perdemos contato com nossa história. Os amigos e as belas experiências do passado se tornam paginas que dificilmente folheamos, por esse fator negativo procuro escrever e enaltecer pessoas e atletas que no meu ponto de vista merecem destaque pela suas atuações em prol do esporte e que se destacaram e marcaram época em nossa comunidade. Para qualquer pessoa exceto os esportistas passar dos 40 anos pode ser momento gratificante, pois é exatamente ai que se inicia o processo de amadurecimento e se a juventude ficou pra trás, surge enfim a certeza de que se passa entender melhor os mistérios da vida e o segredo da alma humana, mas para o futebolística está é a senha que a carreira está chegando ao fim. Não para essa figura “interminável”, Luis Carlos Mernick, na minha ótica o maior e mais completo jogador amador da história mais recentes do futebol de Guarapuava, penso que tenho crédito para fazer esta afirmativa, pois desde década de 70, convivi e atuei com vários e extraordinários jogadores, mas este atleta passou da média com suas varias conquistas que chegou a mais de uma dúzia de títulos do campeonato amador em nossa cidade, defendendo equipes com A.A. Batel, Belém, Madeirit e Guarapuava. Nenhum outro a minha memória conseguiu identificar com os mesmos resultados, conheço Mernick desde adolescente quando vestiu a camisa da seleção da cidade nos jogos do Vale do Ivai em 1983 e já começava exibir as virtudes que iria desenvolver na vida pratica, mostrando caráter, determinação e humildade já deslumbrando o sucesso como atleta do futebol amador. Inibido não quis se profissionalizar na A.A. Batel preferiu ficar ao lado da família e continuar trabalhando, porque sabia o que queria do futuro e se preparou para perseguir sem tréguas seus objetivos. Este baixinho com seus dribles fácil e suas entradas em diagonal que deixavam seus adversários em pânico, sempre teve a sintonia de ajustar velocidade e raciocínio, com essas qualidades se tornava enorme frente seus marcadores e dificilmente saia de campo sem marcar gols. Com as varias conquistas adquiridas na sua carreira já o considerava o maior de todos, mas no finalzinho de sua trajetória este atleta fechou com chave de ouro os seus feitos, conseguindo trazer pela primeira e única vez para nossa cidade o mais importante titulo amador do estado Campeão da Taça Paraná de 2004, estatueta que vários craques do passado não conseguiram e foi dada a ele esta oportunidade e ergueu esta inédita taça, alem de ser escolhido atleta destaque na competição pelas suas excelentes atuações com seus 42 anos de idade na época. Não vou enumerar nem relatar nomes de vários extraordinários jogadores que passou nas disputas do campeonato amador da nossa cidade cada um com suas características uns muitos habilidosos outros grandes artilheiros, mas nem um chegou próximo em qualidade e quantidade de títulos que esse magnífico jogador conseguiu acumular na sua longa carreira, ainda continua levantando taça e troféus agora na categoria de veterano e máster. Ficou com a bola no pé uma longa data este que considero o mais perfeito de todos os atletas amadores do nosso futebol regional, este ser humano teve uma historia espetacular. Embora não demonstra, está feliz, realizado e grato a Deus por tudo o que alcançou.

2 comentários:

Professor Dallalibera disse...

Aquele time era incrível hein Pato. Lembro de um jogo que só você fez uns quatro gols. Me parece que foi contra o tal de Aliança de Castro, onde a Madeirit de Maernick, Pato e CIA encantou a cidade de Guarapuava com futebol de alto nível e o título da Taça Paraná de 2004. Nunca vou me esquecer dos gols de Evandro Mico que nos deram aquele título em Curitiba.

JOÃO CARLOS PEDROSO MOSCAL disse...

Grande Mernick, tive o prazer de conhecer e jogar com essa pessoa de um carater impar.