Quem sou eu

Minha foto
Publicarei noticias esportivas de guarapuava e região , e algumas fotos da história do futebol em guarapuava .

sábado, 30 de janeiro de 2010

ALGUNS RESULTADOS DO GREMIO OESTE NO PROFISSIONAL DO PARANAENSE




TODOS OS RESULTADOS ENTRE GREMIO OESTE X CORITBA


Coritiba 2 x 1 Gremio Oeste

Gremio Oeste 2 x 2 Coritiba

Coritiba 1 x 1 Gremio Oeste

Gremio Oeste 0 x 0 Coritiba

Gremio oeste 1 x 2 Coritiba

Jogos - 5 jogos

3 Empates

2 Vitória do Coritiba
Atacante Passarinho Destaque do GEO


GREMIO OESTE 1 X 2 CORITIBA




Dia- 14/02/1971


Locval- Estádio Bororó


Juiz -Rubens Maranho


Gols- Nilo(CORI) 10'(contra) no primeiro tempo; Leocádio (CORI) 21' e 41' do segundo tempo




GREMIO OESTE- Ladel, Hélio, Isaac, Irineu e Miúdo; Lulinha e Zé Carlos; Passarinho, Valter,Quarentinha e Gijo.




CORITIBA- Célio, Hermes, Iran, Nilo e Claudio Marques, Paulo Vechio(Bidon), e Hidalgo; Marcos, Leocádio, Hélio Pires e Rinaldo (Rinaldinho).










Atleta Ciro do GEO em 1970


GREMIO OESTE 1 X 0 FERROVIÁRIO
Local-Estádio Bororó
Dia- 10/05/1970/Juiz-Eraldo Palmerini
Gol-Valter(GEO) 20' do primeiro tempo
GREMIO OESTE- Joãozinho,Tadeu, Alvaro,Sebastião Lapola e Miúdo; Neiva e Zé Carlos; Zezinho, Valter, Quarentinha (Davi) e Gijo (Ciro)

FERROVIÁRIO-Paulista, Bira, Gibi, Luis Carlos r Brando; Pedro e Natálio; Wilson, Madureira, Reginaldo (joaquim) e Ademir Fragoso.





Goleiro Joãozinho do GEO



AGUA VERDE 0 X 0 GREMIO OESTE


Dia- 17/05/70


Local-Estádio Oresthe Thá


Juiz-Valdemar A. Oliveira


AGUA VERDE- Pedrinho,Zé Carlos, Issac, Zé Roberto I, e Geraldo; Armando e Resende; Tião(Mario Madureira), Alex, Orlando(Servilio) e Zé Roberto II.


GREMIO OESTE- Joãozinho, Tadeu, Alvaro, Sebastião Lapola (Zequinha) e Miúdo; Neiva e Zé Carlos; Zézinho, Valter, Quarentinha (Ciro), e Gijo.


Goleiro Leves do GEO




GREMIO OESTE 4 X 2 CIANORTE



Juiz- Silvio Rodrigues

Gols- Gijo(GEO) 13',Tadeu(GEO) 22' do primeiro tempo. Luis Carlos(CIAN) 25', Escarpine (CIAN) 33', Gijo(GEO)34' e Quarentinha(GEO)40' do segundo tempo.


GREMIO OESTE- Leves, Tadeu, Alvaro, Zequinha e Miudo, Neiva e Zé Carlos, Zézinho, Quarentinha, Davi(Valter),e Gijo.


CIANORTE- Baiano, Chiquinho, Resende I, Pucinelli e Luis Carlos; João Henrique e Nenê, Resende II, Sidnei , Escarpine e Valdecir.










GREMIO OESTE 2 X 1 UNIÃO BANDEIRANTES









Dia 26/08/19

Local- Estádio Bororó

Juiz- Rubens Maranhos

Gols- Davi (GEO) 9´, Celso (UB) 15´e Ciro(GEO) aos 29' do segundo tempo


GREMIO OESTE- Joãozinho, Tadeu, Alvaro, Zequinha e Miúdo, Neiva e Zé Carlos, Zezinho, Davi,Quarentinha e Ciro.

UNiÃO BANDEIRANTES- Valério, Carlos Roberto, Pescuma, Geraldo e Machado, Rubens e Tião Macalé, Nondas(Paulo Roberto), Celso, Carlinhos e Zé Luis

sábado, 23 de janeiro de 2010

GUARAPUAVA E.C. NA TERCEIRA DIVISÃO DE 2001

Jogo de estréia em Cantagalo

GUARAPUAVA E.C. FEZ PARTE DO GRUPO C :

- Amigos de Santo Antonio do Oeste (desistiu)
- Cantagalo
- Dois Vizinhos
- Guarapuava E.C.
- Ibiporâ

Primeira fase

Cantagalo 0 x 4 Guarapuava
Guarapuava 1 X 3 Ibiporâ
Guarapuava 1 x 0 Dois Vizinhos
Guarapuava 1 x1 Cantagalo
Ibiporâ 2 x 2 Guarapuava

Classificou para outra fase Guarapuava e Ibiporâ

Segunda fase

Guarapuava 2 x 1 Ibiporâ
Iguaçu 1 x 1 Guarapuava
Guarapuava 1 x 1 São Matheuense
Ibiporâ 4 x 1 Guarapuava
Guarapuava W x O Iguaçu
São Matheuense 2 x 1 Guarapuava


CAMPEÃO – INTERNACIONAL DE CAMPO LARGO
VICE-CAMPEÃO-DOIS VIZINHOS

CAMPEONATO PARANAENSE DE 2000

Em pé- Cristiano, Marcelo do Ó, Nogueira, Valciclei, Aritana , Paulo Tripa e Paulinho Ianesko(Tecnico).
Agachados- Darlan, Ley, Sidney, Fabinho e Wagner.


RESULTADOS.




Batel 0 X 2 Atletico Pr
Londrina 2 X 1 Batel
Batel 1 X 0 Beltrão
Prudentópolis 0 X 1 Batel
Rio Branco 2 X 1 Batel
Paraná Clube 4 X 2 Batel
Operário 1 X 1 Batel
Batel 0 X 1 Bandeirantes
Malutron 3 X 2 Batel
Batel 1 X 2 Portuguesa
Batel 1 X 3 Coritiba


O Batel com esses resultados ficou em penúltimo lugar no campeonato e foi rebaixado para a segunda divisão

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

MEMÓRIA DO ESPORTE GUARAPUAVANO.

GUARAPUAVA E.C. TIME EM 1979

Em pé- Zézinho, Mario Pires, Clodoaldo, Silmar, Cesta e Chapecó.
Agachados- Marinho,Andreotti, Paulo Ianesco, Emerson perereca e Alaor.

TIME DE FUTSAL GRUPO 1 DO MANOEL RIBAS DE 74

Em Pé- Fiuza, Adnan , Marcos.
Agachados- Marangon, George Karam e Dirceu Pato.





TIME (B) DE FUTSAL DO MANOEL RIBAS DE 1974
Em pé- Romio Curi, Nego Laio e Jairton.
Agachados- Everton, Zeno e Trancoso.




TIME ( A )DE FUTSAL DO MANOEL RIBAS DE 1974
Em pé- Versatil (in memorian), Claudemir e Taco.
Agachados -Auber Cordova e Charutinho.




GUARAPUAVA E.C. CAMPEÃO TORNEIO INICIO AMADOR DE 1985

Em pé- Orlando, Julio Vanusa,Jonei, Chico, Paulão, Luis Cesar(jararaca).

Agachados- Ademir Suber, Aroldo , Ademir Cobrinha, Ademirzinho e Albari.




SELEÇÃO DOS JOGOS ABERTOS DE 1975

Em pé- Albert Cordova, Mário , Pitio, Mario Copel, Ariel, e Peninha.

Agachados- Telinho, Açougueiro, Pedro Moraes, Aramis e Pedro Mendes.


GUARAPUAVA E. C. ESTADUAL JUNIORES DE 1977
(primeira equipe a participar de um campeonato estadual de futebol)

Em pé- Don André (tecnico),Nego Edo, Pagão,Jararaca,, Mico e Casemiro.
Agachados- Dirceu Pato,Coquinho,Alaor,Marcos Silvestre, Pedro Mendes e Marinho.
GUARAPUAVA E.C. PRIMEIRO CAMPEÃO JUVENIL DE NOSSA CIDADE EM 1957.


Em pé-Nassario Nasser (Presidente), José Antonio dos Santos(Diretor), Sergio Minosso, Barbosinha,Vermelho, Vinor, João Chamin, Pedroca e José Marcelino Ramos .

Agachados- Renatinho, Tebolê, Gil Pizzano, Chico Santa Maria e Lauridi




SOCOVEL ESPORTE CLUBE
BI -CAMPEÃO DA SEGUNDA DIVISÃO DE AMADOR DE 1982

Em pé- Soca, Adão, Zé Portugues, Negucho, Zé Canhoto, Baiano e Valdomiro.

Agachados- Wilson, Lourival, Ademir, Stimer, Tiguera e Biscoito .















































































CRAQUES DO BATEL 2- EDUARDO VICENTE


No inicio da história da A.A. Batel como equipe profissional em 1989 a torcida já elege seus primeiros ídolos, atacante Eduardo Vicente é um deles. Chegou a nossa cidade contratado junto ao E.C. Pinheiros da capital para reforçar o grupo para a disputa da segunda divisão. Estava eu, no vestiário da vila olímpica no Boqueirão quando jogava pelo extinto Pinheiros, quando recebi a visita de Álvaro de Mattos amigo que respondia pelo comando técnico do Batel naquele ano solicitando informações sobre atletas que poderiam reforçar o elenco Batelino. Necessitava urgente de duas novas contratações, foi fácil indiquei Eduardo que retornara de uma passagem pelo Pato Branco e Ivair Cenci que finalizara seu contrato com uma equipe gaúcha, Álvaro acertou com os dois e não se arrependeu, pois a dupla se tornou os primeiros ídolos da então nova agremiação profissional de Guarapuava. Eduardo Vicente era habilidoso, fácil domínio de bola, inteligente e finalizador implacável, com essas virtudes caiu na graça da torcida, na seqüência se tornou novo cidadão Guarapuavano quando casou com Susi Mara filha do saudoso musico “Garotinho da Gaita” estabeleceu moradia em nossa cidade mais continuou sua vida profissional retornou a Curitiba a equipe que o revelou agora com outro nome Paraná Clube a pedido do técnico Rubens Minelli para a disputa do brasileiro, não se firmando mais não desistiu e continuou a carreira atuando em varias agremiações no Brasil e exterior (Guatemala e Costa Rica) em nosso pais atuou de norte ao sul, no Tuna Luso do Pará , SINOP de Mato Grosso e uma grande passagem pela cidade de Beltrão em nosso estado. Mais a vida muda e precocemente deixou os gramados como atleta profissional e prestou concurso publico para Policia Militar do Paraná e continua até hoje nesta função. Mas quem diz que ficou fora do esporte hoje é reconhecido como um dos melhores arbritos do futsal do Paraná federado na FPFS e CBFS já apitou final de paranaense, de jogos abertos e juventude. Hoje Eduardo Vicente mora em Luziânia norte do estado, mas sempre que pode está em Guarapuava para rever familiares e amigos, e com certeza deixou saudades a torcida rubro negra, pois com toda lucidez Eduardo atacante do Batel nos anos 90 foi uns dos primeiros ídolos da nação Batelina.


integrado ao quadro da CBFS



tempos de Beltrão



Belo ataque do Paraná Clube , Sergio Luis, Eduardo e Maurilio.




domingo, 17 de janeiro de 2010

CRAQUES DO BATEL 1 - REGINALDO NEGÃO....




Reginaldo Aparecido Costa, nasceu em 17/10/68 em Piracicaba, nosso amigo Reginaldo "Negão" que chegou em Guarapuava em 1994 oriundo de Goioerê para assinar contrato com A.A. Batel para a disputar o Paranaense daquele ano. Um fato curioso foi que recebi um telefonema de Piracicaba do seu irmão que trabalhava no SESC daquela cidade do interior Paulista indicando o Negão, como nosso treinador na epóca o Paquito tinha comentado que só faltava contratar mais um atacante para fechar o grupo corri atras do tecnico para indicar este atleta, aceita a indicação Reginaldo chegou como atacante pois várias vezes atuou contra o Batel nesta posição mais avançado dando sempre muito trabalho.Começou os treinamentos com bola e coletivos e Paquito comentava que Reginaldo não vinha bem naquela posição, aconteceu que titio Alaor argumentou com o técnico que havia assistido vários jogos com o Negão atuando com volante, de imediato trocou-se a posição com esta alteração formou-se no ano a melhor dupla de volantes do Batel com Alex Lopes e Reginaldo. Incansável e forte na marcação jogou 3 temporadas em Guarapuava de 94 a 96 sempre mantendo alto nivel de apresentação, com esse histórico favorável recebeu varias proposta e atuou em varios clubes de renome nacional ex; Parana Clube e Internacional . Vem na minha lembrança a estreia dele como titular vestindo a camisa do Parana Clube em pleno Maracanã, estava eu no Estádio da Madeirit,assistindo o primeiro jogo da final da Taça Paraná de 97 entre Madeirit x Internacional de Campo Largo. Com o radio ligado tinha um torcedor do Flamengo escutando o jogo, quando escutei a escalação e percebi o seu nome comentei com o torcedor , se Deus iluminar Reginaldo o tricolor não perde o jogo, pois dito e feito não perdeu e fez mais, ganhou o jogo pelo elástico placar de 4 x 1 com gol do Negão. Após este jogo ficou como titular no time tricolor da capital. Nunca mais tive contato com Reginaldo Negão sei que está morando em Moreira Salles norte do estado, mais uma coisa é certa o torcedor do Batel nunca vai esquecer daquele que marcou epoca como atleta vestindo a camisa rubro negra e esteve presente nas melhores campanha desta agremiação e suas atuações está registradas na mente do torcedor Batelino.




NEGÃO EM 94





FOTO DE 96


PARANA CLUBE PENTA CAMPEÂO EM 97


Em pé- Denilson, Régis, Wendel, Fabiano, Sidnei e Argeu
Agachados- Mazinho Loiola, Caio Junior, Osmar, Ricardinho e Reginaldo Negão.




sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

JOGOS HISTÓRICOS

_____________________________________________________________________

CAMPEONATO PARANAENSE DE 1990



Adir ( In memoriam ), Luisinho e Toninho Paraná disputando bola com Henágio

PARANA 2 X 2 BATEL


Dia- 25/03/1990
Local-Durival de BritoPublico- 3428 pagantes
Gols- Ivair(Bat)30' e Henágio (Par) aos 36' do primeiro tempo
- Marquinhos ferreira (Par) 8' , Adir (Bat) aos 42' do segundo tempo


PARANÁ CLUBE- Ademir Maria, Marquinhos Ferreira, Ariomar, Wagner e Edenelson; Roberto Alves(Heraldo), Henágio e Adoilson, Sergio Luiz, Maurilio(Ricardinho), e Marquinhos.


BATEL_ Willer, Luisinho,Adir,Sorocaba e Dinho, Dutra, Toninho Paraná e Neto; Ivair(Caco), Eduardo(Preto) e Odair.
















______________________________________________________________________

CAMPEONATO PARANAENSE DE 1980


Zé Miguel e Joãozinho atacantes do GEC

GUARAPUAVA E.C. 1 X 1 PINHEIROS

data-26/06/80

Local-Estádio Lobo Solitário
Juiz-Alceu Conerado
Gols-Joãozinho(GEC) 30' e André Catimba 32' do segundo tempo

GUARAPUAVA E.C.- Alvaro,Adilson,Dirceu Pato,Zéquinha e Alaor;Paulo Garça,Jorge Costa,Luis Everton(Taco), Paulo Borges, Jutti ( Zé Miguel) e Joãozinho.

PINHEIROS- Wilson, Paulinho, Hermes(Serginho), Osni e Escurinho; Didi,Felix Ruaro e Osires; Luis Antonio, André Catimba e Helinho( Baianinho)









_______________________________________________________________________
CAMPEONATO PARANAENSE DE 1992



Joel Depaoli uns dos destaque de 92

BATEL 2 X 0 GOIOÊRE

Local-Valdomiro Gelinski
Juiz-Ricardo Zuck
Publico- 2699 pagante
Gols-Evandro Mico (2) para o Batel

BATEL- Rigotti,Dirceu Pato,Luisinho Lageano,Ivolmar e Joel; Edemilson,Elias, Evandro Mico; Tim ,Marabá(Dinho) e Ivair(Sorocaba).

GOIOÊRE- Moacir,Zeca,Vanderlei,Ronaldo e Nando(Beto); Douglas,Robertinho e Ari,; Batata,Indio(Valdo) e Pereira.





_____________________________________________________________________
CAMPEONATO PARANAENSE DE 1979







Sapatão zagueiro destaque em 79

CORITIBA 1 X 0 GUARAPUAVA E.C.

Dia-13/05/79
Local- Couto Pereira
juiz-Valdir Festugatto
Gol-Marciano(Cori) 23' do primeiro tempo

CORITIBA- Waldair,Gilson Paulino,Duilio,Eduardo e Serginho; Almir, Borjão(Norival) e Luis Freire; Chiquinho, Marciano e Aladim.


GUARAPUAVA E.C.- Ladel, Adãozinho,Sapatão,Rubens Paula e Nardo; Manoel,Tico e Moacir(Alarcon), Zé Miguel, Osmario e Nanau.







___________________________________________________________________
CAMPEONATO PARANAENSE DE 1970



Dupla de zaga do Gremio Alvaro e Zequinha se transferiram depois para o Colorado

CORITIBA 1 X 1 GREMIO OESTE

Local- Couto Pereira
Juiz-Rubens Maranhos
Gols- Leocádio(Cori)14' e Quarentinha (GEO) 16' do primeiro tempo

CORITIBA- Célio, Hermes, Pilotô(Nico),Oberdã e Nilo, Claudio Marques e Bidon; Passarinho, Leocádio, Reinaldinho e Rinaldo.

GREMIO OESTE- Joãozinho, Tadeu, Alvaro,Zequinha e Miúdo, Zé Carlos e Neiva; Zezinho, Davi, Quarentinha e Ciro.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

VAI COM DEUS MANO ......


O tempo passa mais pessoas queridas não passam e muito menos são esquecidas. Minha família está passando por momentos de tristeza muito grande, com a perda de um ente querido” Dilmar Dalmaz “ ,que nos deixou em dezembro ultimo depois de lutar por quase um ano contra um câncer e perdeu essa batalha. Quando a gente perde alguém é como o coração se partisse em mil pedaços, mais aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós. Cada um que passa em nossa vida, passa só, pois cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra. Cada um que passa em nossas vidas passa sozinho, mas não vai só, leva um pouco de nós e deixa um pouco de si. Os ventos que às vezes nos tiram algo que amamos, são os mesmos que nos trazem algo que apreendemos amar. Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim aprender a amar o que nos foi dado, pois tudo aquilo que é realmente nosso nunca se vai para sempre. Não é fácil, mas termos fé já é um grande passo... Saudade mano veio.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

GUARAPUAVA E.C. NA SEGUNDA DIVISÃO DO PARANAENSE EM 1982


Ultima participação do Guarapuava E.C. como equipe profissional em 1982.

Equipes partipantes-

- Guarapuava E.C.
- E. C. Pinheiros
- Assis Chateaubriand
- Iguaçu
- Rio Branco
- Platinense
- Tabu
- União Beltrão
- Arapongas (desistiu )

Primeiro turno

Guarapuava 2 x 2 União Beltrão
Pinheiros 2x 0 Guarapuava
Guarapuava 0 x 3 Iguaçu
Guarapuava 2 x 0 Tabu
Assis 0 x 0 Guarapuava
Platinense 0 x 1 Guarapuava
Rio Branco 1 x 3 Guarapuava

Segundo turno

União Beltrão 2 x 0 Guarapuava
Guarapuava 3 x 0 Platinense
Guarapuava 1 x 0 Rio Branco
Iguaçu 2 x 3 Guarapuava
Guarapuava 1 x 0 Pinheiros
Tabu 1 x 1 Guarapuava
Guarapuava W x 0 Assis

E. C. Pinheiros sagrou-se campeão e subiu para a primeira divisão de 83

OS MOSQUETEIROS



Como é bom relembrar fatos marcantes do futebol, principalmente lembranças de um grupo de atletas que vestiu a camisa do Batel de Guarapuava e que proporcionaram grandes alegrias e belos espetáculos jogadores de alta qualidade física e técnica. Estou falando da equipe do Batel do ano 1994, que disputou um fantástico paranaense da serie B ficando com o vice-campeonato, não ficou com o titulo porque o juiz da partida não teve peito de dar um gol legitimo do atacante Marquinhos Guarapuava aos 45 do segundo tempo contra o Yrati, mesmo assim subimos para a serie A, aonde foi feita uma campanha que deixou saudade, principalmente por reunir nesse ano jogadores de grande personalidade e que levavam o profissionalismo com muita determinação e honestidade. Foi neste ano que A.A. Batel proporcionou um grande salto profissional a sua comissão técnica, ao técnico Paquito e Manoelito preparador físico que com as varias vitórias e a bela campanha deste grande elenco foi contratada pelo Paraná Clube. Neste mesmo ano o Batel se fez presente no campeonato brasileiro da Serie C, mesmo sendo uma agremiação desconhecida o Batel surpreendeu seus adversários. Um fato interessante aconteceu neste campeonato foi quando numa situação difícil após uma derrota contra o Figueirense a imposição do novo treinador Paulo Comelli para jogarmos no esquema 3- 5- 2 o qual nos não tínhamos tempo hábil para adaptar-se queria repeti-lo contra Blumenau, mas se perdêssemos aquele jogo estaríamos fora da competição. Neste momento de perigo que você vê a importância de ter um grupo coeso e homogêneo que tem o mesmo pensamento e objetivo, esperamos o termino da preleção do treinador e pedimos há ele um tempo para nos conversarmos a sós em grupo. Após trocarmos poucas palavras decidimos por unanimidade voltar a atuar o velho esquema 4- 4- 2 que todos sabíamos atuar com perfeição, sem avisar ao técnico adentramos ao gramado e todo o grupo cumpriu seu papel tático dentro da partida e saímos vencedores, garantindo assim a nossa passagem para outra fase do campeonato. As glorias na imprensa foram todas para o treinador, mas nosso grupo estava consciente do valor do nosso trabalho nessa classificação. Se eu pudesse resumir em palavras a união daqueles saudosos atletas seria dito em uma frase: “UM POR TODOS E TODOS POR UM”.


VOCÊ É UM HOMEM OU UM ........


No começo dos anos 90 se confrontaram no estádio Valdomiro Gelinski , Batel x Tabu (Clevelandia) jogo este valido pela segunda divisão de profissional do futebol paranaense foi um grande jogo mais o que predominou nesta partida foi o excesso de faltas e jogo violento , por ambas as equipes, mas a difícil vitoria foi conseguida pelo rubro negro Guarapuavano e após o jogo a euforia tomou conta do auxiliar técnico que disparou palavras indevidas em uma emissora que fazia cobertura do evento falou ; ___ Nós batemos aqui e batemos lá tambem!... Só que o infeliz sem perceber fez esta abusiva entrevista numa radio de Clevelandia. Passados algumas semanas o Batel se deslocou até a dita cidade para enfrentar novamente o Tabu pelo returno do campeonato, a viagem foi uma tranquilidade, chegamos no estádio momentos antes do inicio da partida o publico naquele momento estava chegando em pequenas quantidade fomos ao vestiário,trocamos de roupa, o treinador fez sua prelecção tudo corria bem mas aos poucos o movimento e gritos próximo do vestiário anunciava que alguma coisa estava errada, um acumulo enorme de torcedores perto começaram a ameaçar invadir o vestiário e só gritavam um nome , era do bendito auxiliar ,e naquele momento descobrimos o fato da tal revolta, uma infeliz entrevista motivou todo este alvoroço e o culpado naquele momento tremia de medo num canto do vestiário. Mas o jogo teve inicio ocorreu tudo normal até a vitoria veio em boa hora, mas sem a presença do auxiliar em campo, este ficou no vestiário escutando o jogo pelo radinho de pilha do roupeiro.Terminado o jogo voltamos ao vestiário e a preocupaçaõ era como retirar o enrascado e leva-lo até o ónibus, pois a multidão continuava e não esqueciam o nome dele queriam pega-lo e fazer de Judas. Até que veio uma possível solução, colocar o infeliz num saco de bola ,pois sua estatura ajudava e desloca-lo até o Busão, fizemos um cronograma e uma tatica perfeita e conseguimos passar pelos torcedores com o auxiliar dentro do saco quase sem respiração e chegamos ao destino previsto. Ficamos todos aliviados e acomodamos o elenco dentro do ónibus e prosseguimos a viagem, foi só um susto mais ficou a lição . __ " Peixe morre pela boca ", e também __ " Quem fala demais morde a lingua ".