Quem sou eu

Minha foto
Publicarei noticias esportivas de guarapuava e região , e algumas fotos da história do futebol em guarapuava .

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

NOSSO HERÓI ' RODRIGO BASTOS '

Na Olimpiada de Atenas

.
Medalha de prata no Pan americano de São Domingos

Rodrigo Pimentel Bastos nasceu em Guarapuava em 04/07/67 e desde pequeno iniciou no esporte, na modalidade de tiro, quando da fundação do Clube de Caça e Tiro. Desde guri já se revelando um grande talento, dos seus primeiros tiros até hoje coleciona títulos e se destaca entre os melhores do Brasil e é respeitado a nível mundial.
Principal atleta da modalidade já participou em três Pan-americanos (Indianópolis, São Domingos e Rio de Janeiro) e Duas Olimpíadas (Seul e Atenas). No Pan de Indianópolis conquistou a medalha de bronze na fossa olímpica por equipe. Em sua estréia olímpica nos jogos de Seul ficou em sétimo lugar. No ano seguinte, porém deu um tempo no esporte, cansado da rotina de viajar todos os finais de semana para Curitiba para fazer treinamentos. Voltou em 2003 empolgado com a chance de disputar outra Olimpíada, o retorno deu certo e foi consagrado no pan-americano de São Domingos com a medalha de prata e de quebra obteve a vaga para a olimpíada de Atenas. Tivemos a felicidade de nos orgulhar deste munícipe privilegiado “Rodrigo Bastos” ele nos deu a satisfação de ver seu nome estampado em toda mídia mundial. O bairrismo tem lá seus aspectos saudáveis, é inegável porque nos estimula a sonhar com feitos maiores, o “ouro” olímpico. Os fora de serie tem uns estilos próprios criam algo que rompe com suas regras, e isto é o mais bonito no esporte, como o homem se fascina com rompimentos de regras e limites. Se o trabalho metódico e constante leva a perfeição, com certeza esse atleta fabuloso que nos presenteou com uma medalha de prata, logo ouro estará em suas mãos e esse feito ficará marcado nas nossas mentes e corações. E nós o “povo”, seus súditos sempre irão reverenciar você ‘ Rodrigo Bastos” nosso herói e maior nome do esporte Guarapuavano de todos os tempos. Campeão agradecemos pelas suas conquistas que enaltece e revigora a estima do esporte na nossa comunidade, e continue sua sina em busca da perfeição, porque o maior de todos os mestres insistia sempre no poder da fé.
‘ Se podes crer, tudo é possível ao que “crê”.

treinando na Associação de Tiro Esportivo em Guarapuava


Iniciou desde pequeno no esporte



terça-feira, 1 de dezembro de 2009

PROFESSOR E AMIGO DE PAULA


Uma grande amizade não há tempo que apague ou distância que separe. Estou falando do amigo Antonio Carlos de Paula, nascido em 13 de julho de 1943 em Rebouças, mais que há muitos anos assumiu Guarapuava como sua cidade de coração, professor aposentado de Educação Física e também empresário do ramo de imobiliária e agrimensor. Neste tempo de escassez de falta de ética, falta de confiança, falta de crédito do ser humano e com outros desvios de conduta como enganação, falta de dignidade mais felizmente conheço de Paula uma pessoa que viveu sua vida para ser útil ao seu próximo. Sim simplesmente este é seu jeito de ser e agir e não há como falar do presente sem referenciar o passado. Volto ao tempo para relembrar algumas historias a qual tive o prazer de vivenciar ao lado do grande amigo professor onde obtive muitos ensinamentos que repasso aos meus atletas nos dias de hoje. Fui seu aluno no antigo colégio Manoel Ribas, hoje Carneiro Martins nos meados da década de 70 e me impressiona como esse homem conseguiu fazer tantas coisas na época que nada tinha de estrutura, quem lembra da cancha da rodoviária, da quadra do extinto Clube Operário, da Santa Terezinha cercada por madeira, do campo do “Bira” (hoje Vila Militar) e também da pista de atletismo de 26 GAC, foram este os lugares em que ocorriam suas aulas, treinamentos e competições a qual ele próprio organizava. O ponta pé inicial do JESP que até hoje é a nossa principal competição foi dado por ele na antiga cancha da rodoviária (hoje terminal de ônibus). Poucos lembram destes locais, falar de Ginásio de Esportes era luxo naquele tempo, seus alunos eram pura motivação, pois ele transmitia esta energia, participavam das aulas, treinavam e competiam com orgulho e alegria vestindo a camisa da sua escola. Para de Paula um fator fundamental para a evolução do atleta nas competições era a presença da família nos eventos esportivos, pois aumentavam a motivação ver seus pais, irmãos, tios e avós torcendo por eles. Naqueles tempos dificuldades eram normais, faltava condução para competições na cidade ou fora, aí aparecia o super professor com seu carro um “Corcel” que entupia de gente seu veiculo e fazia a locomoção dos seus alunos outra solução era fazer rifa e vender no comercio para arrecadar fundos onde depois comprava material esportivo e cumpria com as despesas de transporte. Eu valorizo a historia porque um povo que ignora ou não recorda seu passado e não cultua suas tradições perde sua personalidade. O passado dá sentido e significado a ação futura, imagine você o que seria naquele tempo se existisse Ginásios e campos de futebol e tantos outros locais para a pratica esportiva, hoje vivenciamos o inverso, temos quase tudo e pouco se faz. Ainda escrevendo fico cada vez mais orgulhoso do professor de Paula como uma pessoa pode realizar tantas coisas e ser útil para outros sem visar lucros ou interesse particular, sem discriminação, sem esperar que outros retribuam ou reconheçam suas ações, mais ele fez, este homem de bom caráter, honesto e trabalhador com seus princípios que não é vergonhoso conduzir a vida honestamente, por que valores morais é um dever do ser cristão. Você me ensinou muito e me sinto honrado e agradeço a “DEUS” de ter tido o privilégio de ser seu aluno e amigo. Professor Antonio Carlos de Paula um admirável ser humano.



Abertura dos Jogos da Primavera em Ponta Grossa em 1974

Em Pé- Luis Antonio Nasser, Alaor Gomes de Lima, Richard, Dirceu Pato.
Agachados- George Karam, Marcos Marangon, Luciano Batista.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

AGONIA DE UM LOBO SOLITÁRIO

EU VIVIA FELIZ

TUDO ERA TRANQUILIDADE EM MINHA VIDA


EU SÓ PRESENCIAVA SAÚDE E FELICIDADE



ATÉ QUE ALGUEM CHEGOU , COM UMA DOENÇA



UMA PRAGA MORTAL




A AMBIÇÃO E GANÂNCIA




QUE ME LEVOU A MORTE.......






Desde que você saiu da minha vida
Eu não pude mais fugir desta solidão
Feito lobo solitário ando pelas noites
Tentando encontrar alívio pro meu coração
A dor da saudade aumenta nas madrugada
A lua clareia o deserto da minha paixão
Feito lobo solitário eu grito em agonia
O sereno e o meu pranto vão molhando o chão
Lobo solitário

Solto meu grito de dor pelas noites vazias
Lobo solitário

Sou eu buscando seu amor pelas noites frias
A dor da saudade aumenta nas madrugadas
A lua clareia o deserto da minha paixão
Feito lobo solitário eu grito em agonia
O sereno e o meu pranto vão molhando o chão
Lobo solitário

Solto meu grito de dor pelas noites vazias
Lobo solitário

Sou eu buscando seu amor pelas noites frias
Lobo solitário

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

O MAIOR DE TODOS....LUIZ CLEVE TEIXEIRA ' TIO GUARANI '

A história é o somatório de pessoas e fatos, se na minha vida eu fosse enumerar as pessoas importantes acredito que seria um dos meus maiores posts, como preciso economizar espaço quero dizer que sinto saudades de muitas pessoas que conheci daqueles que fazem parte da minha familia e de todos aqueles que conheci como atleta profissional. Mais uma pessoa que admirei demais a sua história quase centenária em prol da cidade é o Sr Luis Cleve Teixeira, Tio " Guarani " é o vernáculo do futebol e a memória viva deste esporte em Guarapuava o homem que arregaçou as mangas e foi ao trabalho com pá, enxada e construiu o primeiro campo de futebol em nossa cidade . Hoje aos 91 anos de idade já nem tem a força fisica de outrora , mas tem em sua mente as maiores histórias sobre o esporte em nosso municipio quantas pessoas memoráveis este senhor conheceu quantas gerações de grandes atletas passaram no seu comando e fez isso de forma solidária é o exercicio da cidadania, que hoje não existe mais. Pessoa importante e honesta que sacrificialmente trabalhou pela prosperidade de sua cidade em particular. Eu fui seu atleta no G.E.O. no iniciou da decada de 70 e guardo em minha lembrança algumas lições importantes que foram para minha vida o alicerce em varios aspectos, fisico , mental, emocional e espiritual . Este grande homem atuou tambem na politica foi vereador por muitos anos mais o que lhe fazia gosto era lidar com o esporte, foi Presidente do Guarapuava E. C. onde tambem teve a primeira escolinha de futebol em nossa cidade participou ativamente para a formação do Estadio Lobo Solitário esteve presente no primeiro jogo oficial onde confrontaram o 15 Regimento de Infantaria 2 x 2 Guarapuava, ...Infelizmente no momento derradeiro da sua vida presenciou a venda do maior Patrimônio do esporte da nossa cidade aquilo que ele lutou na sua jovialidade para erguer com tanto sacrificio, hoje destruido pela ganância financeira, local onde mais de cem pessoas voluntáriados trabalharam com tanta fidelidade para erguer aquele que foi o maior palco do futebol apenas uma unica maquina destroçou. Fiquei feliz quando a pouco tempo lançaram o Projeto de escolinha " Tio Guarani " na administração passada do nosso municipio, felicidade que durou pouco pois mudou o mandatário politico e mudaram o nome do projeto. Erro que pode ser corrigido temos que ter consciencia da nossa história um homem que lutou pela sua cidade não existira outro com tantas atividades importantes em prol da sua cidade. Não deve deixar de lado ao que "passou " é um erro esquece-los só porque ausentam-se do nosso convivio diário. O tempo das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existe momentos inesqueciveis, coisas inexplicaveis e pessoas incomparáveis, só existe uma coisa melhor de fazer novos amigos; é conservar os velhos.



Tio Guarani com a camisa do Guarapuava E. C.

Escolinha do G.E.C. nos anos 40


terça-feira, 17 de novembro de 2009

MADEIRIT CAMPEÃO TAÇA PARANÁ 2004







O ano de 2004 ficou marcado pela maior conquista do futebol amador de Guarapuava, o GRE Madeirit sagrou-se campeão da 41 Taça Paraná o maior campeonato do futebol amador do estado. O Madeirit não levantou este titulo por acaso e na casa do adversario em Pinhais na região metropolitana de Curitiba no dia 05 de dezembro de 2004 contra a forte equipe do Milan uma verdadeira seleção com atletas que se destacaram no cenário futebolistico estadual e nacional com Ricardo Pinto ex-Fluminense e Atletico Pr; Edenelson ex-Parana Clube, Marcos Gaucho ex- Operario PG,foi um vitoria suada por 3 x 2 . Há tecnica ,união,seriedade,empenho e confiança foram ingredientes para delinear a estratégica para ser campeão, foram 8 vitórias, 3 empate e uma unica derrota e fizeram esta trajetória brilhante.Com toda a dificuldades enfrentadas sobre tudo o tocante ao aspecto financeiro porém a equipe se mostrou criativa e ousada e com isso a torcida apoiou, pois o elenco era formada pelos melhores jogadores da cidade em cada posição. Os atletas foram aplaudidos e elogiados e tiveram o reconhecimento, carinho e respeito ao torcedor e trouxeram este titulo inédito para a cidade de Guarapuava. Esta conquista só ocorreu pela capacidade de superação destes persistentes guerreiros atletas.

ELENCO CAMPEÃO



Mario Paluski; Zanata; Rochinha; Tininha; Anderson; Evandro Mico; Airtinho, Joel Depaoli, Marcio Bode, Julio Camelo, Mernick, Batista , Roni, Cebolinha, Medina, Negão, Nego Dé, Fabinho, Dirceu Pato, Nego Belo, Alex Marcha Lenta e Sandrão .
técnico- Pedro Goncalves
prep. fisico- Sergio Leocádio Miranda (Ratin
massagista- João Laines
Primeira fase
Madeirit 5 x 1 Ipiranguense
Pitanga 0 x 1 Madeirit
Ipiranguense 1 x 0 Madeirit
Madeirit 8 x 0 Pitanga

Segunda fase
Madeirit 2 x 2 Real (Realeza)
Real 0 x 2 Madeirit

Terceira fase:
Aliança ( S.J. do Triunfo) 2 x 2 Madeirit
Madeirit 7 x 0 Aliança
Semifinal:
Dois vizinhos 1 x 1 Madeirit
Madeirit 3 x 1 Dois vizinhos

Decisão:
Madeirit 1 x 0 Milan
Milan 2 x 3 Madeirit

Campeão - GRE Madeirit
Vice- Campeão - Milan (Pinhais)

MEU AMIGO CARLOS PRIMAK....

Fabio Vinicius (filho) lembra... Meu pai sempre acreditava na alegria das pessoas,por muitas vezes pela manhâ a primeira coisa que ele fazia era contar uma piada e dava aquela gargalhada que era só dele.




Quem não lembra de " Carlos Primak ", pessoa do mais alto gabarito , pessoal e profissional. Foi atleta do Guarapuava E.C. na decada de 70 e nos anos 80 assumiu esta agremiação como Presidente fez um trabalho elogiado por todos. Foi um baluarte do futebol e esporte Guarapuavano simbolo de competência aonde atuava pois era um homem inteligente que sabia tirar lições em tudo e mantinha um circulo de amizade invejável.Corinthiano apaixonado foi lutador, estudante nato, trabalhador irrepreensivel e admirado, se no dicionário " saudade " é a lembrança triste e suave de um bem passado a lembrança de " Primak " será sempre de alegria pois foi uma pessoa que marcou sua vida pela qualidade e sempre primou pela familia, trabalho e amigos. Seus colegas ainda guardam na lembrança as suas piadas e tiradas inteligentes que alegrava churrascos, festas e reuniões. Ser agradecido é sinônimo de ser alegre,pois ficamos felizes e agradecidos de você nos ter tido como amigos, nunca esqueceremos suas brincadeiras e seu coração cheio de alegria . Grande amigo está longe alguns anos mais está viagem que você fez foi para ficar no mais alto podium....que é o " Reino de Deus " e encontrou a paz.



Em pé- Tio Guarani,Zico, Primak, Patinho, Ariel, Reni e J. Maria
Agachado-Oda, Laurinho, Vilsinho, Tadeu e Marcilio.


Que timaço no Céu ( João Ajuz, Cabeleira, Primak e Morgadão )





quinta-feira, 12 de novembro de 2009

O PREDESTINADO CLÉO CORDOVA

Cléo no Partizan

Marcando gol na atual equipe




Comemorando gol pelo Atletico PR



Atuando pelo Olivais de Moscavides





Belo lance





Com a camisa do Estrela vermelha de Belgrado




Com 16 anos na A.A. Batel






Veja gol de Cléo no You Tube adicione
http://www.youtube.com/watch?v=sHHfn0lWuVo

O cruzamento vem da direita o atacante recebe a bola esta sobe ele num malabarismo fantastico contorse o corpo e acerta no meio da bola com o pé direito e a pelota vai no ângulo do arqueiro adversario que não pode fazer nada e vai no fundo da rede, e a massa enlouquece e seu nome é gritado com grande furor....Cleo.....Cleo...... ; Esta narrativa é de um dos gols do jovem Guarapuavano no seu atual clube, Cleverson Gabriel Cordova nascido em 09/05/85 . Hoje com 24 anos parece confirmar-se sua predestinação a ser uma glória nacional num pais distante longe dos seus familiares mas devoto naquilo que ele sempre aprendeu a fazer gols....muitos gols... .
Cleo como é conhecido desde pequeno começou a dar seus primeiros passos no futsal com o professor Alaor na escolinha do Básico e depois no C.A. Deportivo, logo optou para o futebol de campo ainda garotinho tentou vários testes em muitos lugares sem ter êxito e voltava ao seu lar desanimado. Um dia encontrei Cleo em frente ao colegio que ele estudava e perguntei o que andava fazendo e me respondeu com a voz triste dizendo que estava parado , ofereci a ele a chance de jogar no domingo proximo defendendo as cores do Guarapuava E.C. ele na maior inocência perguntou que horas ia começar o juniores respondi que iria ele jogar o amador , vi nos seus olhos o espanto naquele momento mais quem se espantou foi os torcedores que assistiram o classico do amador entre o alvi negro Guarapuava x Gremio Oeste depois de mais de 10 anos sem haver este confronto aquele garoto com apenas 16 anos marcou 2 gols na vitoria de 4 x 0 fazendo grandes jogadas. Não deu tempo de festejar após o jogo dirigentes da A. A. Batel daquela epoca empolgados com a atuação do jovem promissor não mediram esforços e levaram o talento para disputar sua primeira competição profissional, dai em diante sua carreira deslanchou passou pelo Comercial de Cornélio Procópio que o negociou com uma equipe de Portugal Olivais de Moscavides, voltou ao Brasil para defender o grande Atletico Paranaense e disputou sua primeira Libertadores da America onde o rubro negro foi vice campeão atuou tambem no Figueirense e Ferroviaria de Araraquara mas retornou ao Olivais para cumprir o contrato por ordem da FIFA e disputar a Liga de honra. Com seu faro e gols concretizados outras equipes tiveram interesse no craque e foi negociado para a equipe de maior torcida da Sérvia o Estrela Vermelha de Belgrado e continuou sendo destaque mas esta agremiação não se encontrava em boas condições financeira e Cleo não renovou, quando houve o interesse do maior rival do Red Star o grande Partizan atual campeão da Sèrvia que disputa a Liga dos Campeões da Europa, esta transação agitou o futebol Sèrvio pois após 21 anos foi a primeira transferência de atleta entre as duas equipes o que criou uma incompatibilidade perante os torcedores do seu antigo clube que até o ameaçaram de morte. Cleo que não tem nada a ver com isso continua sua carreira sempre com grande dedicação e profissionalismo, aperfeiçoando suas arrancadas e o dom de ser um exìmio cabeceador continua estufando as redes adversárias com belos gols e belas jogadas e continua perseguindo seu sonho ,ser um atleta reconhecido mundialmente e atuar numa grande equipe da Europa por que " Quem sonha vive e quem viver verá "

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O ETERNO PROFESSOR MORGADO....

Luis Carlos Morgado no antigo Clube Operario

Como atleta do Guarapuava E.C.



Meu irmão Dilmar Dalmaz Entregando faixa de campeão ao Morgadão

Saudades de Luis Carlos Morgado “Morgadão”, porque amigo e coisa pra se guardar no peito. Tantas histórias escutaram e presenciaram deste que foi um dos maiores cidadão da nossa cidade, como pessoa ele pensava muito além do nosso tempo por saber demais às vezes não era compreendido isso é normal nos grandes pensadores. Na sua juventude foi atacante do nosso extinto alvinegro do lobo solitário, forte que nem uns touros com uma envergadura de assustar os adversários outros ficavam boquiabertos com a velocidade daquela massa muscular ambulante. Além de atleta do Guarapuava E.C. também foi Diretor de Esportes sua paixão era tanta que muitas vezes dentro do estádio ouvíamos uma só voz, Morgadão gritando e torcendo pelo seu time de coração, saudade tenho, pois se ele tivesse ainda vivo nos não perderíamos o Estádio Lobo Solitário ele lutaria com todas as suas forças pois ele adorava o alvinegro era uma relação de pai pra filho e ninguém ia arrancar o seu filho de seus braços.Tinha também vários hobby como fumar charuto e cachimbo, ler livros, escutar musicas, conversar com pessoas inteligentes. Poucos tiveram o privilegio de ter Morgadão como amigo, pois ele era diferente de todos, um intelectual e como escreveu Platão “ O sábio falam porque tem algo a dizer, os tontos falam porque precisam dizer algo “ , Eu tonto era amigo do Morgado. O que esse grande Guarapuavano se orgulhava e adorava era a sua profissão “Professor”, seus alunos no começo sentiam medo logo o conhecendo melhor o admiravam, assistir aulas de inglês era totalmente diferente de outras aulas, pois Morgadão chegava com uma vitrola vermelha cheio de LP e dava as aulas com musicas e as horas passavam. Este homem mostrou conhecimento e sabedoria aos seus alunos foi um exemplo de vida para aqueles que souberam compreende-lo. Aos seus alunos que ele mantinha uma grande admiração este verso de Milton Nascimento na musica “coração de estudante” condiz com seus pensamentos de futuro do aprendizado.

“Coração de estudante.
Há que se cuidar da vida
Há que se cuidar do mundo
Tomar conta da amizade
Alegria e muito sonho
Espalhado no caminho
Verdes, plantas, sentimento.
Folha, coração, juventude e fé.”

Ele estimava demais as crianças e tentava explicar a elas o seu valor no mundo, que devia lutar pelas coisas boas e ter fé na vida. Pois dentro daquele corpo enorme existia uma pessoa doce, com um coração de criança, maldade não atravessava sua pele. Luis Carlos Morgado é uma lenda só haverá relatos sobre seu nome, mas não existirá outro com tanta cultura e sabedoria. Amigo como Morgadão são difíceis e impossível de esquecer...

terça-feira, 27 de outubro de 2009

PAULO VOGT DE GUARAPUAVA PARA O MUNDO...

http://www.youtube.com/watch?v=Kp6KhH0Aktw
gols de Paulo Vogt no You tube


Paulo Cesar Ramos Vogt nasceu em Guarapuava no dia 02 /07/77, na vila pequena desde pequeno sempre ligado ao futebol começou na equipe juvenil do independente no mesmo bairro que residia sempre mostrando qualidade e faro de gols.Com essas virtudes surgindo não foi dificil receber um convite para vestir a camisa do rubro negro de Guarapuava A.A.Batel para atuar no juniores ,sempre se destacando recebeu um convite para jogar o amador pelo Entre Rios da colonia Vitoria em 96 graças aos seus gols esta equipe conquistou o titulo daquele ano . Voltou ao Batel agora como profissional e continuou a mostrar competencia e ajudou o Batel a subir a primeira divisão no ano de 1998, já despertando olhares de empresarios recebeu uma proposta de fazer uma avaliação na equipe do Maritimo de Portugal, ficou pouco tempo mais foi de fundamental importancia esta nova experiencia onde começou a mudar sua vida em seguida foi atuar no futebol da suiça,vestindo varias camisas e pelos clubes que passou deixou sua marca de grande artilheiro, mas sua melhor fase foi defendendo o FC Sion talvez o momento que marcou sua carreira sendo no ano de 2006 Campeão da Copa da Suiça e terminando como artilheiro da competição.Com o prestigio em alta foi negociado com a equipe Ucraniana do Metarlurg Donetsk por uma otima transação que lhe deu um alivio financeiro. Mas varias contusões não o deixaram apresentar o mesmo nivel de futebol e foi emprestado a equipe de Chipre APEP Pitsilia. Hoje já em outra agremiação Paulo Vogt mais conhecido em nossa cidade como Paulo Tripa continua a fazer gols agora novamente numa equipe suiça FC Chiasso e com certeza vai manter a media alta de gols e com isso elevará esta equipe a um patamar mais alto e nos Guarapuavanos continuaremos se orgulhando deste grande artilheiro.

Equipes que atuou:

-A.A. Batel
-Mogi Mirim
-FC Kreuzlinger
-FC Shaffhausen
-FC Baden
-FC Winterthur
-FC Vaduz (Liechtenstein)
-FC Lucena
-FC Sion
-Metalurg Donetsk (Ucrania)
- APEP Pitsilia (Chipre)
-FC Chiasso

Com seu amigo Kaká

Foto quando atuava pelo FC Sion


Equipe do APEP Pitsilia do Chipre




Comemorando gol na equipe de Chipre




Sua nova agremiação






FC Chiasso ( 2009)




terça-feira, 20 de outubro de 2009

UM ZAGUEIRO QUE FEZ SUA HISTÓRIA...



No Comercial de Campo Grande no Campeoanto Brasileiro





Colorado de 1974

Falar o nome Álvaro de Matos pouca gente saberá, mas Álvaro zagueiro do Grêmio Oeste daí
sim todos saberão, pois marcou época fez sua história vestindo não só a camisa da equipe Guarapuavana mais as cores do Ferroviário que tornou Colorado forte equipe da nossa capital, hoje Paraná Clube. Este “Baiano” de nascimento apelido que os amigos o chamam chegou pra reforçar o grande time do Grêmio Esportivo do Oeste no começo da década de 70, sua chegada foi bastante festejada já que era um atleta que vinha de uma equipe de renome nacional o CR Vasco da Gama do Rio de Janeiro. Aqui formou uma das duplas de zaga mais conhecidas daquele tempo onde o futebol era pura arte “Álvaro e Zequinha”, E se mantiveram jogando juntos quase cinco temporada, Álvaro sempre foi um zagueiro clássico que não maltratava a pelota tinha uma capacidade técnica excelente, seu posicionamento e recuperação era impressionante sempre esguio de cabeça erguida comandava o setor defensivo. Atuou também pela equipe do Comercial de Campo Grande MS, mais contusões e atrasos de salários desiludiram este versátil atleta que prematuramente abandonou o futebol profissional e retornou a Guarapuava e montou um comercio de distribuição de Gás, cartada certa, pois hoje é um empresário de sucesso. No futebol ainda contribuiu para o surgimento da A.A. Batel no profissionalismo, primeiro como técnico depois como dirigente ajudou esta agremiação com sua experiência mais por problemas de saúde e particulares novamente se afastou dos gramados, mas deixou uma marca positiva no esporte, os saudosistas relembram o potencial desse que foi uns dos maiores zagueiro do Paraná e fez parte de uma das melhores histórias do futebol Guarapuavano.



Ultima equipe do Ferroviario antes de se tornar Colorado


Defendendo as cores do Ferroviário



Alvaro batendo penalti contra o Apucarana



Jogo contra o Seleto de Paranaguá

Zagueirão Alvaro no Couto Pereira




































sexta-feira, 16 de outubro de 2009

BATE PAPO COM O AMIGO ,ORLANDO BIANCHINI.

Campeão pelo Taquaritinga
Campeão pelo F.C. do Porto, acesso do Catarinense

Espigão do Oeste-RO, ultima equipe que trabalhou






ORLANDO BIANCHINI



“ Por essa longa estrada da vida.
Vou correndo e não posso parar
Na esperança de ser campeão
Alcançando o primeiro lugar... ”

Este refrão da musica de Milionário e Jose Rico condiz com a vida e a carreira de uns dos mais experientes e talentosos técnico de futebol em atividade no Brasil; Senhor Orlando Bianchini, paulista de Brotas nascido em 11/07/46 hoje reside na cidade de São Carlos no interior de São Paulo está a mais de 35 anos trabalhando no futebol conhece todos os estados deste grande pais atuando como atleta ou como técnico. Nesta longa carreira já teve o prazer de trabalhar com craques de seleção muitos jogadores que fizeram historia tiveram a felicidade de serem orientados por esse senhor de cabelos grisalhos, fala mansa com sotaque paulista do interior. Muita conquista esse admirável técnico conseguiu dirigindo grandes; médios e pequenos clubes, ganhando títulos ou elevando suas equipes a divisões maiores de acesso não importando a condição da agremiação que contratava seus serviços seu Bianchini sempre foi à mesma pessoa dedicada ao trabalho com olho clinico pra descobrir e lançar talentos, bondoso nas horas que devia ser e austero também nas cobranças aos seus subordinados. Hoje aos 64 anos de idade prestes a se aposentar ainda recebe boas proposta de trabalho, depois de um susto e após intervenção cirúrgica numa operação do coração totalmente recuperado sente-se um jovem em inicio de carreira mantem grande afeto a todas as pessoas que trabalharam todos estes anos em sua companhia, muitos deles até são concorrentes no mercado de trabalho e fala com profunda sabedoria quando a palavra é futebol.

Nestes anos dentro do futebol quais foram às mudanças que o Senhor avalia que modificaram este esporte no Brasil?

__ Acredito que a transição futebol espetáculo a futebol força foi uns dos aspectos que mudaram a fisionomia do jogador brasileiro; pois na década de 70 até a metade de 80 o futebol era repleto de craques tanto nos pequenos clubes como nos grandes com a evolução dos trabalhos físicos muitos atletas foram jogados na mídia como grandes craques mais pelo seu potencial físico não pela sua técnica. Priorizaram a formação física não o talento nato, habilidade ou sua técnica.

E nos campeonatos estaduais o que mudou?

__ Acabaram com os campeonatos estaduais, agremiações são montadas em cima da hora as pressas para um evento que dura no maximo 3 meses. O calendário de um jogador sem empresário fica restrito há um trimestre outros nove meses poucas chances tem de conseguir mais um contrato; acabou aquilo que era bonito no futebol, do torcedor saber de cor a formação da sua equipe. Os campeonatos estaduais eram de dez meses quando terminavam próximo do final de ano as equipes mantinham a base para o ano que iniciaria em seguida.

E os dirigentes o que evolui ou não...?

__ Pouca coisa mudou, não generalizando mais muitos dirigentes entram no futebol com objetivo político, muitos grandes dirigentes existiu aqueles que vestiam a camisa de sua equipe arregaçavam as mangas e iam à luta pelo amor a entidade hoje isso é caso raro.

E sua historia como técnico?

__ Aprendi demais nessa minha longa caminhada como técnico ganhei e perdi muito dinheiro ,adquiri grandes amizades por aonde passei também adquiri grande conhecimento dentro do esporte como lidar com o ser humano saber distinguir o bem do mal e com certeza isso não se apaga de sua memória da noite pro dia ; quando iniciei minha carreira como treinador foi em 1976 levado por Antonio Reginaldo Pizzonia pai do corredor de formula 1 que me levou para Vera Cruz hoje Gi -Paraná em Rondônia depois assinei contrato com o Nacional de Manaus como jogador mais acabei parando de jogar e assumi pela primeira vez com treinador lá mesmo nessa equipe Amazonense e daí em diante entrei para o mercado de trabalho como técnico.


EQUIPES QUE ATUOU COMO ATLETA

_ São Carlos – SP
_Rio Branco (Ibitinga)-SP
_Oeste (Itápolis)-SP
_Grêmio Novorizontino-SP
_Ferroviária (Araraquara)-SP
_Grêmio Maringá-PR
_Vera Cruz - RO
_Nacional (Manaus)-AM

EQUIPES QUE TRABALHOU COMO TECNICO.

_ Nacional de Manaus-78
_ São Carlense -79
_ Lemense-80
_Novorizontino-81
_Taquaritinga-81 e 82
_Novorizontino—83
_Jaboticabal-84
-Platinense-pr/ Fernandópolis-Sp/ Urt-mg -85
_Apucarana-86
_Taquaritinga-87
_Apucarana-88
_Umuarama-88
_Londrina-88
_Apucarana-89
_União Bandeirantes-89
_Caxias-90
_Internacional-90
_Caxias-91
_São Luis-Rs-91
_Joinvile- 92
_Fortaleza-92
_CRB-93
_Ypiranga –Rs-94
_Pelotas-95
_Paraguaçuense-95
_CRB-95
_Goiatuba-96
_Paraguaçuense-97
_São Carlense-97
_Caxias -98
_Corinthians-AL-98
_Náutico-98
_Passo Fundo -99
_Taquaritinga-99
_Matonense-99
_Ubiratã-MS-2000
_Barretos-2000
_Nacional AM- 2001
_ECO Osasco-2002
_Tupã-2003/2004
_União Bandeirantes 2005
_Iguaçu-2006
_Joaçaba-2006
_Iguaçu-2007
_Joaçaba-2007
_FC Porto-2008
_Espigão Oeste RO-2009

Outros clube:
_Sertãozinho
_Confiança
_Independente de Limeira
_Goioere
_Pato Branco
_União Beltrão

Títulos e Acessos:

80- Campeão pelo Lemense
81-Campeão serie amarela no primeiro turno pelo Novorizontino
81- Campeão serie amarela no segundo turno pelo Taquaritinga
(Ambas as Agremiações subiram e ganharam o direito de acesso a segunda divisão)
82 –Taquaritinga Campeão da segunda divisão
82-Fortaleza Campeão Cearense
83 e 85 –CRB Campeão Alagoano
90-Platinense Campeão da segunda divisão Paranaense
2006- Iguaçu Campeão da segunda divisão Paranaense
2008-FC Porto- Campeão da divisão de acesso do futebol Catarinense
Acesso do Bragantino a primeira divisão do Paulista em 86
Acesso do Jaboticabal a terceira divisão do Paulista
Acesso duas vezes com o Taquaritinga
Acesso em 86 do Apucarana a primeira divisão Paranaense

Alguns craques com quem trabalhou:

-Nilson Isidoro (atacante) no Inter
-Raniere e Washington no Caxias
-Deco no Corinthians de Alagoas
-Nilmar no União Bandeirantes
-Fabio goleiro do Cruzeiro no União Bandeirantes
-Marcelinho Paraíba no Paraguaçuense