Quem sou eu

Minha foto
Publicarei noticias esportivas de guarapuava e região , e algumas fotos da história do futebol em guarapuava .

terça-feira, 15 de março de 2011

SUPERTIÇÕES DA VIDA...




SUPERTIÇÕES DA VIDA

Tem pessoas que bota fé em qualquer babado. Lê horóscopo, não passa embaixo de escada, se benze na frente da igreja, usa folha de arruda na carteira, pé de coelho no chaveiro e figa no pescoço, carrega no bolso reza contra quebranto e vai a tudo que é bidú, seja macumbeiro ou cartomante. Na minha vida e no esporte não me assusto com mais nada, cada presepada que vivenciei em casa e no futebol que até santo duvida. Começando pelo meu lar, acho que o sonho da minha amada esposa era ser vidente ou sortista, pois às vezes baixa um surto de adivinhação e ela começa a dar suas pitadas e palpites. Tempos atrás encontrou uma amiga que há muito tempo não se via e que estava prestes a dar a luz, como não agüentou, logo soltou o primeiro fora “- Se não for menino vai ser uma menina”, mas não é obvio se não é um é outro ou o dois se for gêmeos, fala e não perde a postura. Dia desses estávamos passeando na xv vendo as lojas com se fosse cachorro magro quando fica observando o frango rodando na churrasqueira, “Se lambendo”, mais comprar que é bom, jamais. Quando esbarramos numa outra amiga dela que veio a seu encontro e se abraçaram e beijos daqui e dali até que minha gloriosa amada abriu a boca e falou__ “Nossa porque não avisou que estava grávida”, e a amiga com a cara avermelhada com vergonha, responde cabisbaixa, que não estava grávida e sim bem acima do peso. Não foi dessa vez que joguei a toalha e sim na véspera de ano novo tempo atrás quando conseguiu convencer as amigas que fazendo xixi contra a lua nos primeiros segundo do ano seus sonhos se concretizavam, e não é que elas acataram e se dirigiram pro jardim e miraram o treco contra a lua e disparam o liquido, uma dela inundou um formigueiro e saiu em disparada. Não sei se deu certos os seus pedidos, mas vivenciei a amiga com o pé inchado de tanta mordida de formiga. Este foi o fim da possível barraca encantada de Tia Célia “a vidente”.

Agora no futebol, onde presenciei todos os devaneios de técnicos e jogadores que eram supersticiosos e procuravam no sobrenatural o êxito de suas atividades, lembro-me de um goleiro que entrava em campo seguia um ritual de cinema, que era beijar as traves rezar ajoelhado no meio do gol, mas antes de subir os degraus para entrar em campo ele já tinha acabado com um maço de velas para seu santo protetor, enchido as cuecas e as meias de folhas de arruda e sal grosso, tudo isso dizia que era pra dar sorte, infelizmente esta sorte a equipe não viu, pois o glorioso arqueiro tomava um frango atrás do outro, alem que assava sua virilha com o sal grosso desmanchando. O costume mais freqüente até hoje e adentrar ao gramado com o pé direito, outros costumes é atacar para o misticismo para dar sorte. Lembro de um técnico com quem trabalhei, este tinha certeza que se amarrasse o nome do goleiro adversário na boca de um sapo nossa equipe sairia vitoriosa, e fez o tal trabalho, mas o feitiço virou contra o feiticeiro perdemos o jogo de goleada e o arqueiro enfeitiçado pegou até vento e foi o melhor em campo. Meu Deus pensei que ia parar desta loucura, mas não, ele vem de novo com outra mandinga, matar um bode e mandar pra uma entidade espírita, pois é..., perdemos de novo e ai sim, a vaca foi pro brejo e o rei da macumba foi mandado embora para que outro técnico assumisse, este trabalhou normal e sem mistérios e os bons resultados voltaram. Tudo isso mencionado só me faz lembrar uma frase do meu amigo Paçoca que diz _” Vamos em frente que atrás vem gente”. Na vida como no futebol não tenho nada contra credo de ninguém, mais palpites, superstições, misticismos, reza e dogma nada trará a você a gloria de ser um vencedor se você não tiver força de vontade, objetivos e determinação pra ter sucesso. Se assim o fizer a vitórias da vida apareceram como mero acaso no meio de suas jornadas de trabalho.


Nenhum comentário: