Quem sou eu

Minha foto
Publicarei noticias esportivas de guarapuava e região , e algumas fotos da história do futebol em guarapuava .

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

História da Foto

Manoelito, Miudo, Djalma Santos, Quarentinha, Beline, Silvano, Romeu Bastos (Tio Capa) e Zuza. Jogo Gremio Oeste x Atlético Pr. 1970


Na década de 70 em Guarapuava tinha um time poderoso que metia medo às equipes da capital era uma verdadeira maquina terminou em terceiro lugar no campeonato paranaense de 1970 com essa classificação foi considerado o campeão do interior ficando atrás somente da dupla Atle-tiba, este time era o Grêmio Esportivo do Oeste. Agora vamos comentar sobre a foto histórica, não é mentira nenhuma a historia conta que naquele tempo Guarapuava era comandada por coronéis apelido dado aos senhores grande fazendeiros, famílias tradicionais que mantinham o status muitas vezes a base de violência. Neste caso a violência veio em forma de preconceito, o maior lateral direito da historia da seleção brasileira Djalma Santos numa entrevista a um jornal de repercussão estadual pediu providencia sobre fatos que aconteceram e denegria a imagem do campeonato, com a declaração de um ex-massagista do Grêmio com o nome de Pinduca que revelou que atletas do tricolor Guarapuavano jogavam dopados (fato que nunca foi comprovado ). Nada mais justo o Nosso Bi campeão mundial que vestia a camisa rubra negra da capital pedindo maior atenção da federação neste caso, pois prezava pela saúde dos atletas, Não é uma inverdade, pois sabemos que naquele tempo existia esta conduta irregular às vezes incentivada por diretores de clubes, logicamente não era uma ação generalizada, pois conheci vários atletas daquele tempo que repudiava esta atitude repugnante. Bem vamos voltar à resenha, jogo programado para Estádio Bororo entre G.E. O x Atlético Pr, após esta declaração de Djalma Santos a cidade se preparou para receber o grande lateral que chegou a ficar surpreso quando na manhã de domingo um desfile de carros foi improvisada a frente do hotel onde estava hospedada a delegação do rubro negro. Entre outra coisa os Guarapuavano extravasavam sua revolta contra Djalma colocando grandes faixas nos pontos principais da cidade “Djalma Macaco”. “Outro Cada Macaco no seu galho”.
Já no campo Djalma não se preocupava com os gritos, muito menos com ameaças de agressão. Pelo contrario; usando toda técnica que caracterizou como o melhor lateral direito de todos os tempos se aproveitou de uma má jornada do ponta esquerda do G.E.O. Gijo (era mais preto do que ele ) e deu um show de bola. Num dado momento a bola correu pela lateral e foi parar próximo ao alambrado. Todos ficaram em duvida: Quem teria direito sobre ela? Correram Djalma e Gijo, aos gritos de “Macaco, Macaco, Macaco”. Perto do alambrado junto com Gijo, Djalma levantou os olhos, viu o torcedor, que continuava gritando e com gestos rápidos, perguntou:
_ Quem é Macaco
E olhando para Gijo, continuou perguntando ao torcedor.
_ Eu ou ele
O torcedor ficou desesperado e sem jeito abaixou a cabeça e sumiu entre a torcida.
Final do jogo todos abraçados Djalma Santos, Belini e atletas do elenco tricolor, o Grêmio Esportivo do Oeste terminou o Campeonato Paranaense de 1970 com uma campanha histórica.


Não faça isso que é feio





Isso é bonito , assim que se faz!

Nenhum comentário: