Quem sou eu

Minha foto
Publicarei noticias esportivas de guarapuava e região , e algumas fotos da história do futebol em guarapuava .

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

HISTÓRIAS DE GUARAPUAVA...

SIMILITUDES PASSADO E PRESENTE... No inicio do seculo XIX seguia para o Brasil o Padre Ângelo Féo, experiente nas lidas européia , chegou no Mundo Novo teve uma passagem rápida em Antonina , mais a brevidade foi os desafetos que o encurralaram em cobranças de dividas adquiridas na construção de um prédio de sua nova casa, complacente o Sr Bispo local tira-o de vista dos credores e manda-o para Guarapuava. Com ele segue a mania de erguer prédios e começa na nova cidade a peregrinação em buscas das moedas necessárias. O povo guarapuavano enfim já sabe do quanto é capaz este cura, e não estão dispostos a deixar-se burlar por um ministro da igreja romana. É sabido que o evento da Republica o clero não era mais sustentado pelo Reis Monárquicos. Corre o boato que o Padre é tratante como Satanás, se este existisse. Recebe em boa moeda nos batizados, casamentos, missas, novenas etc; e sabe reputar bem os artigos do seu ramo. Notabilizou-se como padre mascate, ficou a imagem de um vigário de tino industrioso , de comerciante ladino que percorria os distritos do município, trocando relíquias,missas,novenas, água e palma bentas por marrecos, galinhas, porcos e vitelas, recambiando depois com outros fieis o produto da fé e esforço religioso por dinheiro seguindo o mesmo sistema adaptado a qualquer lugarejo, pregando o calote em quase todo comerciante da cidade.Fez inúmeros compromissos financeiros no comercio local, e não cumpriu nenhum pagamento. Descoberta as falcatruas foi delatado ao Bispo que via nele um hábil contador. Aconteceu uma abaixo assinado formulado principalmente pelos prejudicados, tendo o dito padre se retratado da forma tal que chegou a dizer que era indigno da sociedade que o acolheu mais que o seus erros eram conhecido, mas que não havia homem que não tivesse defeito. Com tal lábia, o Bispo o recompensou com uma transferência . No dia da sua despedida acumulou grande números de pessoas , muitos vieram de longe para ver a garantia que o embarcado se retirasse com sucesso. Esta história foi uma compilamento de alguns periódicos do jornal anti clerical ELECTRA em 1902 de Curitiba, enérgica postura Voltariana com editorial apelativo, que era preciso arrancar a venda dos olhos do povo que vive iludido pelo clero( C. Koseritz). Não é meu dever crucificar o vigário Féo, e sim mostrando a similitude com o dia atual em pleno seculo XXI na nossa querida Guarapuava corre a noticia de irregularidades nas arrecadações e pagamentos na Mitra Diocesana por um Padre de confiança do clero. Se no passado o Padre Mascate Féo foi beneficiado e agraciado com uma simples transferência, no presente isto acontecerá de fato. Mesmo comprovado o esclarecido o abuso da bolsa alheia, o meu e de muitos o sentimento cristão será afetado, apunhalado, é um desprazer fétido de engolir. Mais como bons cristão que somos , seremos otimista pois nos ensinaram no catecismo que ...” O BEM sobrepõem ao MAL”. E honrada seja Nossa Senhora do Belém.

Nenhum comentário: