Quem sou eu

Minha foto
Publicarei noticias esportivas de guarapuava e região , e algumas fotos da história do futebol em guarapuava .

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

BOM EXEMPLO...ALAOR GOMES DE LIMA

Lembro desta data 12/10/2001, era o “Dias das Crianças” não podia escolher melhor dia para encerrar oficialmente sua carreira como jogador de futebol o ex-atleta Alaor Gomes de Lima carinhosamente chamado pelos seus inúmeros amigos de “titio”. Como é bom relembrar os feitos desse atleta que foi sempre um exemplo, os professores e colegas que acompanharam sua trajetória não esquecem os títulos e medalhas que através da qualidade física e técnica deste grande amigo fez de varias equipes vencedoras em quaisquer modalidades a atingir muitas conquista e chegar ao topo do podium.___ ... “Foi o atleta mais completo do esporte guarapuavano” diz seu ex-professor e orientador de Paula. Não é só uma frase, pois quem o acompanhou no começo de sua carreira sabe a veracidade dessas palavras, pois representou nossa cidade em muitas seleções Ex: Handebol, Basquetebol, Voleibol, Futsal, Futebol de campo e no atletismo e destacavam-se em todas as provas, sendo elas de velocidade ou percursos longos, saltos de altura ou distancia. Alaor recorda com alegria os tempos de gurizada quando chutava touceira, e coco de cavalo nos campinhos para poder correr atrás da bola e com os pés descalço, logo foi convidado a treinar no Guarapuava E.C. onde iniciou sua carreira como atleta profissional de futebol, andou por varias equipes do interior de São Paulo, Paraná e Santa Catarina esteve um período no Vasco da Gama onde lamenta sua falta de experiência na época e de ter retornado a Guarapuava. E deixado o Vasco, são coisas do futebol. Quando parou de jogar trabalhou na Força e Luz mais o futebol estava no sangue e nas horas vagas treinava e atuava no Batel no primeiro ano desta agremiação no profissionalismo. Como treinador deu vários títulos para o G.E.C.e Danúbio da Colônia onde foi vice-campeão da taça Paraná se fez presente também trabalhando na A.A. Batel no profissional. Perto de completar quase meio século bem vivido, mas o tempo e a hereditariedade retiraram parte de seus cabelos e lhe colocou algumas arrobas no seu peso, mas foi benevolente não lhe retirando a humildade e a simplicidade, continua paternal, experiente, ponderado com seus alunos na Escolinha do Básico a qual comanda a mais de uma década onde já revelou muitos jovens talentos para o futebol amador , profissional e Futsal. Alaor não enriqueceu mesmo tendo ajudado tantos outros, todavia a dissimilação dos bons princípios através da pedagogia do futebol ele passou a muitos jovens, muitas empreitadas recebeu apoio de familiares e amigos para tocar adiante a escolinha do Básico, sempre se desdobrou para dar seqüência aos seus projetos e sonhos. Aquela velha frase “Fazer o bem sem esperar recompensa” é adequada para enaltecer este grande desportista, quem pode falar é Liberato supervisor do Deportivo que em muitas situações desesperadoras recorria ao véio titio Alaor pra montar equipes pra disputa estaduais em varias categorias. A sua historia no esporte não acabou, pois continua semeando nas crianças de sua escolinha o aprendizado de como ser um vencedor, dia das crianças despedida do futebol de campo de Alaor, mas continua fora dele orientando o Danúbio a ser campeão, mas campeões somos nos que temos o privilegio de ter o “Titio” como amigo e o dia das crianças é todo dia para os atletas da escolinha do Alaor. Parabéns grande amigo.
GUARAPUAVA E.C. EM 1980



Em pé -Boris Martins (diretor);Tico, Malinha, Dirceu Pato, Ivã Limeira, Paulo Garça e Alaor.

Agachados- Serginho, Taco, Zé Miguel, Pedrinho Mendes e Joãozinho






Com Liberato e Dirceu Pato no seu programa de esporte


Tempo que jogava no Batel



Escolinha do Básico
Em pé-Alaor(tecnico)-Paulinho Ianesko Jr, Cherato, Dudu,Ivan.
Agachados- Enéas, Tiago Bastos, Caique, Buiu, Brandalise.














6 comentários:

Fernando disse...

Caro amigo Pato,

Palavras muito bem colocadas sobre o titio Alaor, sem dúvida um amnte do esporte, que é capaz de conquistar a todos com a sua simplicidade. Parabéns Alaor por toda sua trajetória no esporte e por ser essa pessoa amiga e leal.

Um abraço, Guerin.

Liberato disse...

Amigo Pato,
primeiro quero te dizer que vc tem tudo pra ser um grande escritor.
segundo dizer as qualidades do Titio aki, seria muito dificil, endosso todas as suas palavras e digo sem sombras de duvidas se hj estamos no nivel em que estamos no futsal, o Titio tem uma grande parcela nisto, e sempre vou ser grato não só a ele, mas a vc tbem que até ja jogou pelo Deportivo.

Fabio Vinícius Primak disse...

Me recordo da época em que o G.E.C. disputava o clássico de 1º Maio com o Batel e lá estava o Alaor.
De um lado Clóvis, Sapatão, Corintiano, Pedrinho, Luiz Carlos, Quinzinho, Nezinho, Chicão, Irineu Cabelera, Romildo e tantos outros..... do outro Alaor, Edson Vaca Braba, Álvaro, etc. Era um "dérbi" de fazer inveja ao "clássico melância" (AtleTiba).
Por muitas e muitas vezes eu tive a oportunidade de vê-lo triunfar com a camisa "rubro-negra" e isso é um motivo de muita alegria e orgulho pra mim.
Além de ser um atleta modelo como disse o Prof. De Paula, é um belo exemplo de caráter e profissionalismo.
Admiro muito você Alaor.

Paulo Ianesko Jr disse...

Tenho certeza que a maior coolaboração do Padrinho, foram vários cidadãos dignos que aprenderam acima de tudo os bons exemplos que o esporte proporciona.

Grande abraço.

Unknown disse...

Além de ser um grande desportista, é um grande ser humano...

Anônimo disse...

Maior mala que ja conheci.