Quem sou eu

Minha foto
Publicarei noticias esportivas de guarapuava e região , e algumas fotos da história do futebol em guarapuava .

terça-feira, 6 de outubro de 2009

OS FIEIS DO SENADO

Carlão e Dona Maria Inaugurando a Nova instalação do Senadinho
Carlão num momento de descontração

Caricaturas de Carlão, Seu Meira e João Luis Spira artista Seu Meira



Sempre com bom humor Seu Meira O primeiro Presidente do Senadinho


Assim era o primeiro Senadinho

A historia do bar do Senadinho teve inicio na decada de 80 com a vinda a Guarapuava da Familia Mussio, o popular Carlão chegou oriundo do distrito da Palmeirinha este gaucho veio juntamente com esposa e filhos para assumir o comando de um Bar e Armazem localizado no conjunto Perola do Oeste no Bairro Trianon,que ja fora comandado por duas grandes pessoas Renato Zanona e depois Romano Dallagnol,então desconhecido por muitos aquele italiano grandalhão sempre sorridente para quem era amigo e com cara fechada para aqueles que não se comportavam como deveriam em sua venda,poucos tiveram o desprazer de ver este Gremista perder a paciencia.Por sua habilidade e bom atendimento a sua clientela cresceu e com isso seu carisma com as pesssoas tambem seu jeitão simples foi facil aumentar sua freguesia e reuniam-se clientes de toda a parte da cidade sempre jogando palitinhos ,General ou truco ,bebericando e jogando conversa fora pra passar o tempo naquele ambiente amigavel e aos finais de semana aquele grande churrasco que Carlão organizava.Com o crescimento de seu empreendimento adquiriu ao lado do seu comercio um terreno o qual conseguiu na sequencia realizar o seu sonho e de sua familia construindo um predio de dois andares o primeiro andar acomodou seus entes queridos e no andar terreo inaugurou a digamos segunda fase do Senadinho denominação dada ao primeiro comercio em virtude de receber pessoas de todas as idades sem distinção de classe, politica ou religião o espaço era democratico para todos que quisessem expressar aquilo que entendia ser o certo na visão do cliente ,pois Carlão se considerava apolitico, Não remava pra lado nenhum.Por isso não ocorria brigas e poucos desentimentos aconteceram pois todos eram sabedores da furia do italiano para apaziguar os mal entendidos e esse respeito sempre houve.
Inteligente Carlão resolveu passar para terceira fase do Senadinho fechando a porta da frente e deslocando a lanchonete para o fundo do predio e assim o bar do Senadinho se tornou um lugar especial que se tornou frequentado so por amigos e fregueses antigos pois não havia placa de indendificação que mostrasse ser ali um comercio.Ha vida continua todos se divertem, agora com mesa de sinuca, jogando aquele pontinho esperto ou tranca ou assistindo seu jogo preferido pois o ambiente tem tres tv para melhor servir e acolher sua clientela que sempre foi fiel.Foi formada uma diretoria que a cada ano é feita uma eleição interna para assumir novos presidentes, nessas peleias eleitorais varias pessoas ilustre da comunidade tiveram o privilegio de assumir este cobiçado cargo.Já se fizeram presente no Bar do Senadinho varios Prefeitos e Vereadores,Deputados Estadual e Federal foi uma gama de pessoas do mais alto gabarito intelectual ou financeiro mais todos na maior simplicidade, pois foi assim que Carlão sempre desejou que todos fossem fieis em seu Bar.Carlos Mussio deixou a vida terrena e seu espirito ainda está feliz pois encontrou varios amigos no ambiente celestial o qual ele serviu com grande dedicação e nos continuamos a ser "Fieis ao Bar do Senadinho" .

4 comentários:

Carla Mussio disse...

Obrigada pela linda homenagem ... sem palavras para agradecer.

Carla, Cláudia e Maria

Beto disse...

Obrigado pelo homenagem, que o exemplo de honestidade e trabalho de Carlos Mussio, meu pai, fique na memória de todos que frequentaram o bar, de todos que o conheceram, um abraço Pato saúde para sua familia!!!!

Jair disse...

Modificando um pouco o ditado, digo: "Tal filho, tal pai". Como conheço o Beto posso deduzir que o seu Carlão era uma excelente pessoa.

Brandina disse...

Alguma coisa o seu Carlão deixou de bom neste mundo: seu filho, BETO.